Publicado por: Conselheiro Fnord | 08/08/2013

MUNDO DISCORDIANISTA e Número 23: PREVISÃO DE RASPUTIN – Fim do Mundo Será Em 23 de Agosto de 2013


Segundo Rasputin, o Fim do Mundo Será Em 23 de Agosto

33c547fc50122ef89be8b46f5b70306b_article.jpg

Girgori Rasputin, o mítico e contraditório (e bem-dotado) monge russo, era famoso por predizer o futuro. Uma das mais famosas de suas profecias previu com exatidão o assassinato da família real muito antes de sua prisão no Ekaterimburgo. Muitos dizem que ele sabia como morreria e quando, mas evitava falar para não alarmar as pessoas a seu redor e para que ninguém tentasse evitar o andamento do destino.

Mas Rasputin teria feito uma alarmante profecia sobre o dia 23 de agosto de 2013 poucos meses antes de morrer. Segundo Andréi Bretski, autor do livro "100 Profecias de Rasputin", o monge teria escrito:

"Uma terrível tormenta cairá (sobre a Terra). O fogo devorará a vida e depois disso só haverá o silêncio das tumbas".

Rasputin também pede que fiquemos de olho no Sol, pois ele indicará a chegada da "tormenta":

"Antes do fim, o Sol chorará lágrimas que cairão como faíscas na Terra, queimando pessoas e plantas. Um grande dragão derramará muito sangue".

As passagens são vagas, mas Rasputin deixa evidente que falava de erupções solares e do rompimento da magnetosfera da Terra, o que possibilitaria que pessoas e plantas fossem queimadas pela luz do Sol. Seguindo uma tradição lógica, o grande dragão teria de ser algo que vem voando, uma tribulação, ou seja, possivelmente um meteoro. Em suma, o monge talvez quisesse dizer que essas duas coisas acontecendo ao mesmo tempo – uma fortíssima erupção solar e a queda de um meteoro gigantesco – levariam ao fim da humanidade.

Quer seja a interpretação real – e se for, correta – ou não, a revelação de Rasputin se junta a outra profecia divulgada por Edward Snowden na semana passada, e com tremenda exatidão temporal: a de que uma enorme erupção solar causará caos na Terra em setembro de 2013, prevista por paranormais do Projeto Stargate ainda nos anos 90.

FONTE: http://21dedezembro2012.blogspot.com.br/2013/08/segundo-rasputin-o-fim-do-mundo-sera-em.html

Por coincidência…

Pólos magnéticos do Sol estão prestes a inverter
Com informações da NASA – 07/08/2013

Pólos magnéticos do Sol estão prestes a inverter

A inversão de polaridade magnética do Sol é um fenômeno natural que ocorre a cada 11 anos, seguindo os ciclos solares.[Imagem: NASA]

Inversão periódica

Algo realmente marcante está prestes a acontecer no Sol.

Segundo medições de observatórios da NASA, o campo magnético do Sol está prestes a inverter.

"Parece que estamos há não mais do que três a quatro meses de uma inversão de campo completa," disse o físico solar Todd Hoeksema, da Universidade de Stanford. "Esta mudança terá um efeito cascata em todo o Sistema Solar."

O campo magnético do Sol muda de polaridade aproximadamente a cada 11 anos, sempre no pico de cada ciclo solar.

A próxima reversão irá marcar o ponto médio do ciclo solar 24 – metade do "máximo solar" já terá passado, e vamos nos encaminhando para a metade final.

Isso significa que o atual "máximo solar" será na verdade bem "mínimo" – um dos mais fracos nos últimos 100 anos.

Influência solar

"Os campos magnéticos polares do Sol enfraquecem, vão a zero e, em seguida, emergem novamente com a polaridade oposta. Esta é uma parte normal do ciclo solar," esclarece o também físico solar Phil Scherrer.

Normal, mas a inversão do campo magnético do Sol é, literalmente, um grande evento.

A influência magnética do Sol (também conhecida como a "heliosfera") estende-se por bilhões de quilômetros além de Plutão. A mudança a polaridade causará ondulações magnéticas que alcançarão até as sondas Voyager, já na fronteira do espaço interestelar.

Na verdade, essas ondulações representam uma proteção mais forte – para a Terra por exemplo – contra os raios cósmicos, que chegam do espaço interestelar.

Conforme a inversão total do campo magnético solar se aproxima, os dados dos observatórios mostram que os dois hemisférios do Sol estão fora de sincronia.

"O pólo norte do Sol já mudou de sinal, enquanto o pólo sul está correndo para recuperar o atraso," disse Scherrer. "Em breve, no entanto, os dois pólos terão revertido, e a segunda metade do máximo solar estará em andamento."

FONTE: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=polos-magneticos-sol-vao-inverter&id=020130130807

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: