Publicado por: Conselheiro Fnord | 07/02/2013

MUNDO DISCORDIANISTA: FNORDS FNORDS FNORDS FNORDS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Ryan Holiday, o homem que manipula a mídia dos EUA

Seu livro Acredite, Estou Mentindo Confissões De Um Manipulador acaba de chegar ao Brasil. Para ele, o único jeito da mídia parar de ser manipulada é que as pessoas se importem menos com a velocidade das notícias

por João Mello Editora GloboNascido em 87, ele usa a mídia americana como quem opera um fantoche //Crédito: Wikipedia

"Nota do Editor:

Uma versão antiga desse artigo continha citações de Ryan Holiday. Sr. Holiday, que escreveu um livro sobre manipulação da mídia, posteriormente admitiu que mentiu para o repórter e vários outros jornalistas. Ele diz que não possui uma vitrola.

É assim, com esse pedido de desculpas embaraçoso, que o site do New York Times sucumbiu a Ryan Holiday. A reportagem era sobre discos de vinil e Ryan aparecia como um colecionador. A farsa faz parte de seu experimento empírico para provar a fragilidade e incompetência dos veículos de informação e mostra bem como ele operava podia ser um blog pequeno, podia ser o jornal mais tradicional dos EUA, o lance era mostrar como os repórteres, quase sempre por preguiça ou pressa, se deixavam levar sempre pela mesma equação: notícia que vai gerar mais cliques no período de tempo mais breve possível. Assim como fez com o NYT, ele também trollou o site da rede de televisão CBS ao inventar uma história que foi publicada na matéria 5 casos vergonhosas de escritório que vão te deixar boquiaberto. Quando o site do MSN estava escrevendo um artigo sobre a etiqueta do resfriado, eles não tinham tempo hábil para checar se a história contada por aquele tal de Ryan Holiday (ele nunca se importou em dizer o nome verdadeiro) sobre um colega de trabalho do Burger King ter espirrado em cima dele durante o expediente era verdade – e lá está o pedido de desculpa até hoje.

Evidente que essa pressa/preguiça dos repórteres é apenas um reflexo de um sistema muito maior, que envolve publicidade, ganância e a busca desenfreada pelo furo tudo isso, claro, também não está isolado e é fruto de uma sociedade hipersônica que venera a velocidade antes, muito antes da qualidade. E é esse panorama maior que interessa a Ryan. Seu livro Acredite, Estou Mentindo Confissões De Um Manipulador já está à venda no Brasil e a GALILEU conversou com ele para discutir um tema manjado (não é novidade pra ninguém que é preciso ter um pé atrás com tudo que se lê por aí, inclusive isso aqui) de um ponto de vista bem pouco manjado (pouca gente tem acesso a esses bastidores).

Ryan tem 25 anos, estudou Ciência Política na faculdade e hoje ganha muito dinheiro como marqueteiro. Na entrevista feita por email, ele mostra o que o faz ser um mestre da manipulação: toda pergunta que pedia um exemplo prático de mentiras que ele plantou na grande mídia foi deixada em branco. Nada como uma platéia curiosa para atrair mais público – ou vender mais livros.

Quando você percebeu que a mídia era manipulada? Teve alguma situação que despertou essa consciência em você?

Ryan Holiday: Foi um processo gradual. Todos nós temos certas ilusões sobre como a mídia trabalha e sob quais princípios opera. Pouco a pouco eu fui sendo exposto às engrenagens, como publicitário, leitor, escritor e comprador de anúncios e também como alguém que tem sido objeto de interesse da cobertura da imprensa, comecei a identificar padrões e entender esses fatores implícitos. Veja, como marqueteiro, o que eu faço é explorar esses fatores. Mas resolvi escrever esse livro quando percebi que meus benefícios pessoais eram muito pequenos perto do perigo desses sistema.

É verdade que você "não levanta da cama por menos de 10 mil dólares"?. Por que você acha que te pagam tanto?

Ryan Holiday: Porque eu dou resultado.

Você ainda é um manipulador de mídia? Que tipos de trabalho você faz para Tucker Max (autor de bestsellers) e Dov Charney (fundador da American Apparel, gigante do comércio de roupas dos EUA)?

Ryan Holiday: Eu contribuo para o sucesso dos produtos deles. Meus clientes escrevem livros que estão entre os mais vendidos ou ganham centenas de milhões de dólares mesmo com orçamentos publicitários minúsculos. Meu trabalho é parte disso.

O que exatamente um manipulador de mídia faz?

Ryan Holiday: Meu ponto é que todo mundo é um manipulador de mídia, incluindo muita gente da própria mídia. O sistema cria alguns incentivos que são irresistíveis às pessoas. Como marqueteiro eu plantei notícias falsas, controlei manchetes, espalhei mensagens que eu mesmo escolhi entre os veículos de mais prestígio no mundo. Isso é manipulação de mídia e eu não estou sozinho nessa.

Quais são suas fontes de informação?

Ryan Holiday: Eu gosto de livros. Eles entregam a informação de um jeito mais confiável, mais atemporal. Livros são menos manipuláveis.

Existem blogs ou corporações de mídia que mentem mais que outros?

Ryan Holiday: Quanto mais acessos um site tem, mais dependente da manipulação ele é. Isso é um fato. Gawker, Huffington Post, Business Insider, Bleacer Report são exemplos disso.

E qual a saída para essa espiral de manipulações?

Ryan Holiday: Acho que a solução é reavaliar nossas certezas. Por que será que nós achamos que conseguiremos informação de qualidade DE GRAÇA? Por que achamos que notícias em tempo real são importantes? Por que somo tão obcecados por quem conseguiu isso primeiro? Por que precisamos tuítar coisas no momento em que elas acontecem? Todo mundo não estaria melhor se respirássemos fundo, acalmássemos um pouco e fizéssemos as coisas direito pela primeira vez? Eu acho que sim.

FONTE: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI329004-17770,00-RYAN+HOLIDAY+O+HOMEM+QUE+MANIPULA+A+MIDIA+DOS+EUA.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: