Publicado por: Conselheiro Fnord | 13/01/2012

DISCORDIANISMO e POLÊMICA… Acauan Guajajara


Hipótese para estudo
Por Acauan Guajajara

Hipótese:

Suponhamos que no dia 30 de abril de 1945, Adolf Hitler, em seus últimos
momentos de vida, após atirar em si próprio, se arrependesse de todos os
seus pecados, aceitasse Jesus como seu senhor e salvador pessoal e logo em
seguida morresse.

Segundo o fundamentalismo cristão, nestas circunstâncias, o ditador nazista
iria para o paraíso, onde passaria toda a eternidade, enquanto aqueles cujo
assassinato sistemático ele comandou, os seis milhões de judeus, por não
terem sido em vida cristãos, veriam do inferno o nome Adolf Hitler ser
escrito na glória.

A isto os fundamentalistas chamam de "justiça de Deus".

Proposta de estudo:

Analisar a idéia fundamentalista cristã de "justiça de Deus", sem cair
na conclusão simplista ou no preconceito barato é um desafio interessante.

A premissa básica do fundamentalismo, de que o único e obrigatório
pré-requisito para obtenção da graça divina é a aceitação de Jesus
como agente da salvação individual, valida a hipótese proposta.

O problema é que a hipótese é absurda. Se a hipótese é absurda a premissa
que a valida também é.

Igualmente absurdo é associar a hipótese com "justiça", uma vez que
a hipótese contraria todas as definições aceitas sobre o que "justiça"
significa.

Um argumento (se é que se pode chamar assim) fundamentalista típico é
alegar não ser possível aos homens compreender "justiça divina".
Talvez não, o problema é que o adjetivo divino, também por definição, deveria
elevar o conceito humano de justiça, e não rebaixa-lo, como claramente faz
a hipótese alvo desta proposta de estudo.

Por que então os fundamentalistas aceitam este conceito?

As respostas fáceis seriam "por incapacidade intelectual" ou
"por deficiência moral", o que, além de fáceis, seriam respostas erradas.
Fundamentalistas não são, necessariamente, menos inteligentes ou menos
morais do que qualquer outro grupo (embora alguns se considerem mais, mas
esta é outra história).

Se o absurdo e a imoralidade da hipótese são explícitos, como os
fundamentalistas podem aceita-la sem abrir mão da inteligência ou da
moralidade?

Fonte: INTERNET

Anúncios

Responses

  1. isso é ser inteligente?babaca……….

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: