Publicado por: Conselheiro Fnord | 03/05/2011

Mundo Discordianista: Dois últimos falantes de uma língua moribunda se recusam a conversar entre si


Não deixe o ayapaneco morrer, não deixo o ayapaneco acabar O idioma, falado no México por centenas de anos, está agora em perigo de extinção. A situação se agrava já que os dois únicos falantes restante do idioma se recusam a falar um com o outro.

Depois de sobreviver à invasão espanhola, a muitos desastres naturais e à fome, a antiga língua ayapaneco pode logo se tornar apenas uma lembrança. Os dois últimos falantes remanescente já são idosos e quando eles morrerem, o idioma vai junto, visto que nenhum jovem mexicano apresenta vontade de aprender a língua moribunda.

Manuel Segovia, de 75 anos de idade, e Isidro Velazquez, de 69, vivem a apenas 500 metros de distância um do outro na aldeia de Ayapa, mas eles não se dão muito bem. Alguns dos moradores locais dizem que a culpa é de uma uma rixa antiga, mas a maioria deles pensa que os dois simplesmente não têm muito em comum. Velázquez é um pouco irritável, enquanto Segovia é mais tranquilo e não sai de casa muito.

Fonte: http://hypescience.com/dois-ultimos-falantes-de-uma-lingua-moribunda-se-recusam-a-conversar-entre-si/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: